O que é: Ortopédico

O termo “ortopédico” refere-se a tudo relacionado à ortopedia, que é a especialidade médica responsável pelo diagnóstico, tratamento, prevenção e reabilitação de lesões e doenças do sistema musculoesquelético. Esse sistema é composto por ossos, músculos, articulações, ligamentos, tendões e outros tecidos conectivos.

Como funciona a especialidade ortopédica?

A especialidade ortopédica envolve uma ampla gama de condições e tratamentos. Os ortopedistas são médicos especializados que possuem conhecimentos avançados sobre o sistema musculoesquelético e suas disfunções. Eles utilizam uma variedade de métodos para diagnosticar e tratar problemas ortopédicos, incluindo exames físicos, radiografias, ressonâncias magnéticas, tomografias computadorizadas e outros exames de imagem.

Quais são as principais áreas de atuação da ortopedia?

A ortopedia abrange diversas áreas de atuação, cada uma focada em um aspecto específico do sistema musculoesquelético. Alguns exemplos incluem:

Ortopedia pediátrica:

Essa área da ortopedia se concentra no diagnóstico e tratamento de problemas musculoesqueléticos em crianças. Os ortopedistas pediátricos estão especialmente treinados para lidar com condições que afetam o desenvolvimento ósseo e muscular das crianças.

Ortopedia esportiva:

Os ortopedistas esportivos são especializados no tratamento de lesões relacionadas à prática de esportes. Eles trabalham com atletas profissionais e amadores para diagnosticar e tratar lesões como entorses, fraturas, luxações e distensões musculares.

Ortopedia geriátrica:

Essa área da ortopedia concentra-se nas condições musculoesqueléticas que afetam os idosos. Os ortopedistas geriátricos ajudam a tratar problemas como osteoporose, artrite, artrose e quedas, que são comuns nessa faixa etária.

Ortopedia traumatológica:

A ortopedia traumatológica lida com o tratamento de lesões traumáticas do sistema musculoesquelético, como fraturas, luxações e lesões ligamentares. Os ortopedistas traumatologistas são especializados em técnicas cirúrgicas para reparar essas lesões.

Quais são os tratamentos ortopédicos mais comuns?

A ortopedia oferece uma ampla variedade de tratamentos para diferentes condições musculoesqueléticas. Alguns dos tratamentos mais comuns incluem:

Cirurgia ortopédica:

A cirurgia ortopédica é frequentemente utilizada para tratar lesões graves, deformidades congênitas, doenças degenerativas e outras condições que não respondem a tratamentos não cirúrgicos. Os avanços na tecnologia cirúrgica têm permitido procedimentos menos invasivos e uma recuperação mais rápida.

Fisioterapia:

A fisioterapia é uma parte essencial do tratamento ortopédico. Os fisioterapeutas trabalham em conjunto com os ortopedistas para ajudar os pacientes a recuperar a função e a mobilidade após uma lesão ou cirurgia. Eles utilizam exercícios terapêuticos, técnicas de mobilização e outras modalidades para promover a reabilitação.

Medicação:

Em muitos casos, a medicação pode ser prescrita para aliviar a dor, reduzir a inflamação e tratar condições musculoesqueléticas. Os medicamentos mais comumente utilizados incluem analgésicos, anti-inflamatórios não esteroides e relaxantes musculares.

Órteses e próteses:

Órteses são dispositivos utilizados para fornecer suporte, estabilidade e alinhamento para partes do corpo afetadas por lesões ou deformidades. Próteses são dispositivos projetados para substituir partes do corpo que foram perdidas devido a amputações ou outras condições. Ambos desempenham um papel importante na reabilitação e no retorno à função.

Conclusão

Em resumo, a ortopedia é uma especialidade médica que se dedica ao diagnóstico, tratamento e prevenção de lesões e doenças do sistema musculoesquelético. Os ortopedistas são especialistas treinados para lidar com uma ampla variedade de condições, desde lesões esportivas até problemas relacionados ao envelhecimento. Com uma variedade de tratamentos disponíveis, a ortopedia visa melhorar a função e a qualidade de vida dos pacientes.